O @viagemdeverdade também está no Instagram. Siga-nos!

sábado, 12 de abril de 2014

San Andres: Volta na Ilha - Atrações (Parte 2)

praia sound colombia san andres Seguindo em direção ao sul da ilha, a primeira parada que fizemos foi na praia de Sound Bay. Uma praia emoldurada de coqueiros e um mar azul com poucas ondas. Lindo! Lembra muito o litoral do Alagoas no Brasil, em minha opinião. Lá está localizado o Hotel Cocoplum, à beira mar. Seguimos andando nesta praia, tirando fotos e apreciando a beleza. Havia poucas pessoas lá.



O “fervo” mesmo encontrava-se mais a frente: Rocky Cay! Uma baía bem na ponta da praia de Sound Bay. Lá forma-se uma piscina natural que vai desde a areia até uma pequena ilha lá na frente, onde também encontra-se um velho navio encalhado. Foto de Rocky Cay a seguir.  Uma faixa de água transparente, cercada por bóias, onde os turistas podem percorrer a pé uns 300 metros para frente da areia, com a água na cintura. Ao lado da pequena ilha que citei, está o melhor ponto para quem quer fazer snorkel. Uma verdadeira maravilha! Nós prometemos que voltaríamos outro dia, quando estivéssemos no Hotel Decameron e assim poderíamos usar o Clube de Praia do Hotel, localizado em frente à Rocky Cay. Sobre o clube de praia, falarei mais quando narrar minha experiência no Decameron San Luis.

rocky cay san andres paraíso


Seguimos nosso percurso, passando pela praia de San Luis, linda, porém conta uma faixa de pedras e recifes que percorre quase toda sua extensão. Está justamente aí a beleza desta praia: ao lado do recife, formam-se piscinas naturais de água transparente na areia. Água quentinha! Há também um restaurante bem conhecido nesta praia, o El Paraíso. Outra brasileira que conheci disse que almoçou lá e que valeu muito a pena.  Foto de San Luis a seguir: 

praia san luis san andres colombia


Nosso almoço no restaurante Punta Sur:

restaurante punta sur san andres Já tinha passado da hora de almoçar. Seguimos em frente e paramos no ponto mais ao sul da ilha, chamado de Punta Sur, onde também encontra-se um restaurante com o mesmo nome. Fomos muito bem atendidos pela própria dona do estabelecimento.
O restaurante conta com dois andares. No térreo há o restaurante e ao fundo, uma varanda com vista para o mar e uma piscina. Já no segundo andar, segundo a dona, é destinado para aqueles que querem petiscos e bebidas apenas. Não entendi muito bem essa divisão, mas ok.
Escolhemos almoçar lá fora, onde há uma cobertura e algumas mesas com vista para o mar. Lá também encontra-se um lindo deck que imita a proa de um navio e uma bandeira hasteada da Colômbia. A impressão que tive é que os proprietários foram bem cuidadosos nos detalhes do lugar. Nessa parte da ilha, o mar é bem bravo e enquanto estávamos almoçando lá, ondas batiam nas pedras bem a nossa frente.

Almoçamos um peixe, com patacón frito e arroz(veio pouco). Queria ter tirado a foto antes de começar a comer, mas a fome estava grande demais. Na foto, o que restou do peixe! Acho que ainda não falei do patacón. Patacón parece mandioca, mas não é! É um bolinho feito de banana verde. Eu gostei! Pagamos $40.000 pesos na refeição para dois, $4.000 para cada refrigerante + taxas. Só sei que a conta ficou por volta de $55.000. Achei gostoso, mas achei bem trivial e ainda nos cobraram uma porção extra de arroz. Achei o fim!

 Obs: O tema “restaurantes da ilha” é abordado em um post específico sobre o tema. Para saber mais, clique aqui. 

Ficamos mais de uma hora lá para almoçar e seguimos para o próximo ponto: o Hoyo Soplador. O que a gente não sabia, é que o restaurante Punta Sur fica praticamente ao lado do local. Devíamos ter deixado o carro no estacionamento do restaurante e seguido a pé. Fica a dica para vocês, viajantes!

O “Hoyo Soplador” é um dos locais mais conhecidos da ilha. Trata-se de uma fenda, por entre as pedras, que sopra um vento forte, podendo trazer ou não, jatos de água. Tão forte, ao ponto de levantar o cabelo das mulheres lá em cima e se você não estiver atento, pode arremessar seus óculos de sol e bonés longe. Cuidado hein!

hoyo soplador olho soprador

Na chegada, fomos recebidos por um menino que nos disse que a entrada era gratuita, mas pediam que a gente consumisse algo. O local conta com loja e uma barraquinha de bebidas.

la piscinita buceo mergulhar san andres Continuamos nossa volta na ilha, desta vez parando na “Piscinita”. Cobraram $2.000 pesos por pessoa para entrar e entregam fatias de pão para você alimentar os peixes. Trata-se de uma piscina natural formada em um trecho às margens da costa de pedras. (conforme foto a seguir) Um ponto para nadar e fazer snorkel. Desce-se uma escadinha improvisada de madeira até o mar e somente próximo dela “dá pé”. O restante é bem fundo. A transparência da água impressiona. É possível ver muitos metros para baixo e o mar é repleto de peixes coloridos. O local conta também com uma lanchonete e algumas mesas. 
Alguns metros a frente, seguindo pela estrada, está “West View”, e é quase a mesma coisa que a Piscinita! Piscina natural para fazer snorkel. Paga-se mais caro ($4.000 pesos por pessoa) para entrar, também com direito a pão para os peixes, e tem um pouco mais de infraestrutura: como guarda sol, espreguiçadeiras, escadinha que leva ao mar de alumínio, trampolim, escorregador, etc. Lá tem também um restaurante e uma barraca de bebidas. Ah e o banheiro é de graça, pois na Piscinita cobravam $1.000 pelo uso. (Claro que não era limpo, mas podia usar sem pagar nada a mais por isso! Rs Não tinha nem água para lavar a mão!rs) O mar é fundo e se você não souber nadar, pode alugar colete salva-vidas a $5.000 pesos por uma hora. No dia que estivemos por lá, achei que a Piscinita tinha mais peixes. Não sei se pelo fato de ter um trampolim bem no local que o pessoal está nadando e espanta... rs Claro que, mesmo assim, tinham muitos! Outro coisa que tem em West View, é o mergulho “Aquanautas”. Foto de "westview" e plataforma azul do "aquanautas", a seguir: 

aquanautas west view san andres buceo

Ao invés de fazer mergulho com cilindro, no aquanautas você coloca um globo na cabeça para respirar (desculpa, não sei o nome, rs) e desce em uma corda até o fundo do mar. Simplificando, é isso! Cobram cerca de $80.000 pesos e você fica lá embaixo 30 minutos. Não fiz. Para mim bastou o snorkel e já fiquei muito satisfeito.
Como turista, fui conferir os dois lugares, Piscinita e West View, para ver qual me agradava mais. Na prática, não tem muita diferença e ficam muito próximos um do outro. No dia que fui gostei mais de mergulhar na Piscinita.

Já era fim de tarde e o sol começava a ser por. Foi um lindo fim de tarde em West View. Era hora de ir embora para o centro e devolver o “carrinho”. 


west view san andres

12 comentários:

  1. Maravilhoso!!! A cada postagem tenho mais certeza q escolhi o destino certo p minhas férias!! Estou acompanhando suas postagens e aguardando novas dicas!! Parabéns!! abçs, Karina

    ResponderExcluir
  2. O hotel Cocoplum disponibiliza estrutura para não hóspedes? Na sua passada pela praia deu pra perceber isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Obrigado pela visita. Acredito que sim, pois há um restaurante aberto ao público. Se você não for hóspede do Cocoplum, há também o Clube de praia do Decameron em Rocky Cay pagando uma taxa por pessoa. Desejo a você uma ótima viagem e lembrando que estamos também no instagram @viagemdeverdade Abraço

      Excluir
  3. Ola!! Pretendo ir para San Andres mes que vem, sozinha. Vc sabe me dizer se eh um bom destino p jovens solteiros ou se a maioria sao casais e familias?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Juliana. Você vai encontrar vários solteiros como você e poderá fazer novos amigos desde que você esteja hospedada em hostel. Eu escrevi um pouco sobre o hostel que eu fiquei aqui no blog. Talvez te agrade.O fato de ir sozinha não impede de você aproveite bastante. Qualquer dúvida, entre em contato. Estamos também no instagram: @viagemdeverdade. Abraço e Obrigado pela visita.

      Excluir
  4. Bom dia! Gostaria de saber se não tem perigo deixar o carrinho (de golfe ou mula) encostado na beira de estrada e sair para dar um mergulho ou almoçar. Como você fez?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Juliana. Se você for parar pra almoçar, deixa no estacionamento do restaurante e pronto. Se você for parar pra dar um mergulho e tirar umas fotos em algum ponto da praia, é aconselhável não se afastar muito ou não demorar muito para voltar. Eu tive esse cuidado, só por precaução. Abraço e tenha uma boa viagem.

      Excluir
  5. Esqueci uma dúvida! Nos passeios de barco tem colete salva vidas? Meu namorado não sabe nadar.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  6. O nome é escafandro.

    ResponderExcluir
  7. amigo quanto era o mergulho com cilindro? voce sabe me dizer si sao 1 ou 2 cilindros por mergulho? e qual a melhor epoca para ir mergulhar lá? obrigado

    ResponderExcluir
  8. me permita fazer uma sugestão. seria legal colocar um mapinha simples, pois no google é dificil acompanhar sua rota.

    abraços e ótimo blog

    ResponderExcluir